Um Paradoxo

By 03:10

É com grande prazer que dou abertura ao blog. Aqui não existe máscaras ou esconderijos ( e nem dá porque internet é que nem vizinho fofoqueiro rs). Ainda está em construção e divulgação, então....
Dou as boas-vindas com um peqiueno poema que escrevi há uns dois anos.

Quero ser aquilo que não posso ser...
Ouvir aquilo que quero ouvir, sem ouvir...
Viver o que eu quero viver, sem viver
Bendito paradoxo que me atormenta!
Olhe, sou assim, serei assim e continuarei assim. Palavras que me arranham, ou quero, querem ou não quero.
O caminho mais longo é aquele que você percorre sozinho, com o seu próprio eco lhe buzinando. Esse eco diz: “Você não pode, você não deve...", o que fazer?
Percorro um longo caminho sozinha absorta em meus pensamentos. Sarcástica? Eu? Imagina! Por que eu seria sarcástica, se são sarcásticos comigo?
Devo ajudar quem é mercenário? Ajudar por interesse?
Até quando vou ficar assim? Dessa maneira, pois é a única, ou eu não tenho opção? Ou será que não consigo achar outra opção? Existe opção?
Quer me ajudar, mas não ajuda só piora...
Nem tem tudo é como deve ser, quero ser o que quero sem querer, buscar aquilo que quero sem buscar, ter aquilo que quero ter, sem ter...
Ou eu não quero nada?
Bendito paradoxo que me atormenta!

Pequena Apresentação:

Aspirante a escritora, autora de fanfics da Saga Twilight e da Série Os Karas, também escrevo contos e quando dá uma vontade (estou pensando em levar isto mais a sério) resenhas de livros.
Por enquanto, é o que posso dizer sobre mim. O resto? Com o tempo.

Pois como diria o ditado: O silêncio é a melhor respota :)




Leia também

0 comentários

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!