Música: Muse >> Black Holes & Revelations e HAARP

By 22:07 ,


Para ler as matérias anteriores, clique: Parte 1Parte 2 e Parte 3.


Créditos: Muse WikiWikipediaBlog Indie Roll


Continuando com o especial do Muse, vamos agora ao quarto albúm de estúdio da banda, o Black Holes & Revelations.



Black Holes & Revelations (2006)



O Black Holes & Revelations chegou com grande prestígio. Lançado em Julho de 2006, ficou em primeiro lugar das paradas do Reino Unido, boa parte da Europa e Austrália, atingindo a peripécia de ficar em 9º lugar das paradas da Billboard 2000 nos EUA. Vendeu 1 milhão de cópias só na Europa, ganhando o Platinum Europe Award. Ou seja, não é qualquer banda que consegue esse feito...

Com a turnê de divulgação do disco que se iniciou nos EUA, o Muse fez um show espetacular no recém-reformado Wembley Statium, na Inglaterra, que acabou virando DVD, o intitulado HAARP

O albúm em sua essência é "menos dotado" de música clássica do que o seus antecessores ("Origin Of Symmetry" e "Absolution"), com muita influência do Jazz, Soul e R&B. 

A inspiração para o disco veio através de artistas como Lightning Bolt, Rage Against The Machine, o compositor Ennio Morricone, e a cantora de Jazz, Nina Simone. A nível de curiosidade, o albúm foi dedicado a memória da atriz Helen Kirk, que morreu num acidente de carro em Teignmouth.

Além de tudo isso, no ano de 2008 a banda fez uma turnê pela Amércia Latina passando por México, Colômbia, Argentina e... Brasil! (\O/), onde fizeram shows no Rio de Janeiro e São Paulo (invejinha básica para quem foi...).
Em resumo, o disco mais aclamado entre os fãs e o meu favorito =).

Playlist

01 - Take A Bow
02 - Starlight
03 - Supermassive Black Hole
04 - Map Of The Problematique
05 - Soldier's Poem
06 - Invincible
07 - Assassin
08 - Exo-Politics
09 - City Of Delusion
10 - Hoodoo
11 - Knights Of Cydonia
12 - Glorious


Destaque para as canções: "Starlight", "Supermassive Black Hole", "Assassin", "City Of Delusion", "Knights Of Cydonia" e "Take a Bow". Praticamente o disco inteiro virou single!

Arte do Albúm: A arte da capa do disco foi feita por Storm Thorgerson que também assina a arte da capa do "Absolution". Os quatro homens representam os Quatro Cavaleiros do livro do Apocalipse. Se você prestar atenção, vai ver os quatro cavalos de cores diferentes em cima da mesa. Cada cavaleiro tem uma representação: O cavalo branco e seu cavaleiro representa o Anticristo, o vermelho, a guerra, o preto a fome e o pálido, a morte e decadência. Particularmente eu só consegui identificar três cavalos, rs. Essa é uma representação da crítica do albúm a corrupção política e também a fascinação da banda por ficção científica.






HAARP (2008)


Como já foi dito antes, o HAARP foi dois shows gravados no Wembley Statium em 2007, que acabou virando DVD juntamente com o disco ao vivo. O lançamento incluiu também um documentário e galeria de fotos. O show foi exibido em cinemas selecionados em alta definição. 


Existem duas versões do dvd: uma vem em uma caixa de jóia e a edição especial vem em uma caixa com três cartões postais (chique, né?), este último com várias cenas extras do bastidores.


HAARP é um projeto de pesquisa científica que procura estudar a ionosfera.





No próximo post: "The Resistance", a consagração.

Leia também

0 comentários

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!