Resenha: "Crescendo" (Série Hush, Hush vol.2) - Becca Fitzpatrick

By 20:51 ,

Título Original: "Crescendo"
Autora: Becca Fitzpatric
Ano de Publicação: 19 de Outubro nos EUA e 11 de Fevereiro de 2011 no Brasil.
ISBN: 978-85-8057-009-0
Editora: Íntriseca
Volume anterior: "Sussurro"
Sinopse: A vida de Nora Grey está longe de ser perfeita. Sofrer uma tentativa de assassinato não foi a melhor das experiências, mas, pelo menos Nora ganhou um anjo da guarda: Patch, que de angelical não tem absolutamente nada. Ele é lindo, irresistível, misterioso... e é seu namorado. O problema é que ele tem sido cada vez mais evasivo, e, o pior: parece muito interessado na inimiga de Nora, Mercie Millar.
Não fosse isso, Nora jamais teria notado Scott Parnell, velho amigo da família, que acaba de voltar para a cidade. Ainda que na maior parte do tempo ele a deixe furiosa, é impossível não se sentir atraída. Lá no fundo, porém, ela tem certeza que Scott guarda um segredo.
Atormentada por constantes visões do pai, inexplicavelmente assassinado anos antes, Nora começa a se perguntar se há alguma conexão entre a morte dele e o fato de pertencerem a uma linhagem de nefilins. Nora quer descobrir o que realmente aconteceu, mas isso é muito arriscado. É melhor que algumas verdades fiquem mortas e enterradas - do contrário, podem destruir tudo aquilo em que você acredita.



Muitos se lembram da resenha que eu fiz do primeiro volume da série. E sabem das duras críticas que eu fiz de “Sussurro”. No entanto, posso afirmar que “Crescendo” melhorou bastante em relação ao primeiro volume.


Em “Sussurro”, praticamente detonei a personagem Vee por suas aparições desnecessárias, sua petulância e irritância, me fazendo ter uma impressão muito, muito ruim dela. Pois é... Digamos que neste segundo volume da série, finalmente Vee tem uma participação, mesmo que pouca, mas significante no desenrolar dos fatos. Sem mencionar, claro, seu bom humor e descontração nos momentos tensos do livro. Finalmente a autora descobriu uma função, um valor para a personagem que ficou desfalcada no primeiro volume, fazendo-me detestá-la. Ponto positivo.

Outro aspecto positivo desse segundo volume é a tão bem trabalhada cenas de ação e suspense. Becca tem um estilo de descrever essas cenas de forma clara e concisa, prendendo a leitura e deixando você quase sem fôlego. Apesar de às vezes é bom ter alguns momentos de “paz” no livro para acalmar o leitor, né? Cenas tensas uma atrás da outra deixa quem lê quase que cansado e temendo a leitura seguinte. E isso não serve só para livros. No teatro e no cinema a coisa funciona da mesma forma. É sempre bom ter momentos de descontração seja numa peça ou num filme, mesmo que os enredos sejam os mais tensos. Como eu disse anteriormente, a Vee cumpriu o papel de descontração. Tirando isso, sobre o ritmo do livro, considero um ponto positivo.

“Crescendo” ainda possui um enredo muito bem feito, tem mais história, mais fatos para os personagens, o que o final proporciona uma teia para a continuação. O problema é que muitos informações são adicionadas, muitas descobertas são feitas pela protagonista Nora, tudo de uma vez. A autora bem que podia ter deixado para entregar as revelações bombásticas mais para o final da saga... Foram muito prematuras certas revelações, que sinceramente nem fiquei tão surpresa com todas elas. Mas valeu a intenção.

Em se tratando de Nora, consegui perceber características de sua personalidade, muito melhor do que em “Sussurro” que ela não passava de uma marionete para o enredo e uma simples narradora. Ainda sim, ela precisa me convencer...

O Patch continua lindo e com toda aquela gama de charme típica, porém a aparição dele foi muito pouca no livro, sem mencionar seu relacionamento intimo desnecessário com a Mercie. Teve um motivo, claro, mas era realmente necessário se envolver com ela, em todos os sentidos? A autora forçou demais, talvez apenas para deixar aquele ar de ciúmes e quarteto amoroso. Quarteto, porque entra o Scott na jogada, uma personagem que eu não sei dizer se foi útil em alguma coisa além de provocar ciúmes no Patch e perseguir a Nora.

O final foi interessante deixando uma vontade de ler o terceiro volume. No entanto, a diversidade de informações sobre os anjos e nefilins me deixou perdida e confesso que eu não entendi quase nada. Não sei, já faz alguns meses que eu li “Sussurro”, e eu não estava me lembrando de algumas coisas o que não ajudou em nada. Sem mencionar o que é revelado sobre o Rixon, amigo de Patch que eu fiquei com cara de “eu não acredito”.

No todo, é um livro bem melhor do que o antecessor.

O terceiro volume já tem nome e vai se chamar “Silence” previsto para ser lançado em 4 de Outubro nos EUA.

Classificação



Segue a capa do terceiro volume:


Estava com muitas saudades de postar aqui. Peguei uma gripe terrível e estou melhorando aos poucos, e para piorar eu estava cheia de provas...

Bjos!!

Leia também

6 comentários

  1. Olá, Lieh!

    Meu livro Jardim de Escuridão está em pré-venda, e para você que é blogueira, está com um desconto super especial.

    R$29,90 (Livro autografado + Marcador) + FRETE

    Reserve o seu exemplar!

    http://amormisterioesangue.blogspot.com/2011/08/reserve-ja-o-seu-exemplar-de-jardim-de.html

    Você ainda não conhece a história??? Segue o link do skoob:

    http://skoob.com.br/livro/125048

    E se você for do RJ, o lançamento dele será dia 3 de setembro na Bienal!

    Conto com você lá!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, Crescendo é bem melhor que Sussurro! Eu gostei muito da série, mas concordo que ficou muita informação pra um livro só...

    Adorei sua resenha!
    Abração!!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada Paty!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Nossa que legal.. Amei a resenha de "crescendo" parece ser muito interessante o ivro.. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Parei de comprar estas coleções, pois são muitas e se começar a ler todas, acabo não tendo tempo para ler outros tipos de livros, e sejamos honestos, estes livros são meio viciantes...
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  6. Séries tem seu lado ruim por justamente isso... Estou lendo duas e já gastei um dinheirão #tragico, mas sempre tenho um tempinho para ler clássicos.. Os Miseráveis, por exemplo, enorme, mas vale a pena =)

    Bjos!

    ResponderExcluir

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!