Resenha: "O Ladrão de Raios" (Percy Jackson & Os Olimpianos - Vol. I) - Rick Riordan - Releitura

By 21:42 , , , , ,


Título Original: “The Lightning Thief”
Autor: Rick Riordan
Ano de Publicação: 2005 nos EUA e 2008 no Brasil
ISBN: 978-85-98078-39-7
Editora: Intrínseca
Sinopse: Percy Jackson está para ser expulso do colégio interno... de novo. É a sexta vez que isso acontece. Aos 12 anos, esta é apenas uma das ameaças que pairam sobre este garoto, além dos efeitos da síndrome de déficit de atenção, da dislexia... e das criaturas fantásticas e deuses do Monte Olimpo, que ultimamente, parecem estar saindo dos livros de mitologia grega do colégio para a realidade. E, ao que tudo indica, estão aborrecidos com ele.
Vários acidentes e revelações inexplicáveis afastam Percy de Nova York, sua cidade, e o lançam em um campo de treinamento muito especial, onde é orientado para enfrentar uma missão que humanos diferentes – metade deuses, metade homens -, além de seres mitológicos. O raio-mestre de Zeus foi roubado, e é Percy quem deve resgatá-lo.
Com a ajuda de novos amigos – um sátiro e a filha de uma deusa – Percy tem dez dias para reaver o instrumento de Zeus, que representa a destruição original, e restabelecer a paz no Olimpo. Para conseguir isso, precisará fazer mais do que capturar um ladrão. Terá de encarar o pai que o abandonou, resolver um enigma proposto pelo Oráculo e desvendar uma traição mais ameaçadora do que a fúria dos deuses.




“O Ladrão de Raios” é a abertura da saga de Percy Jackson, fazendo jus ao termo saga.

Eu já fiz resenha para “O Mar de Monstros” o segundo volume da série e claro, eu já tinha lido “O Ladrão de Raios” faz séculos. Porém, como eu vou resenhar toda a série aqui no blog, ficaria esquisito sem o primeiro volume...

O bom de uma releitura, é que além de relembrar fatos importantes para as próximas sequências, em se tratando de uma série, ainda dá para perceber coisas que passou batido na primeira leitura.

O primeiro volume da série Percy Jackson é completamente e seqüencialmente de tirar o fôlego, além da facilidade de se acostumar com o ritmo narrativo de Rick Riordan (praticamente reli o livro em dois dias). Aqui, tudo é muito bem montado, todos os fatos se encaixando no final, dando uma ênfase para uma sequência.

Claro, que obviamente, o livro ainda denota um ar digamos... Infantil. No entanto, isso não impede a diversão da leitura e os momentos cômicos dos pré-adolescentes Percy, Annabeth e Grover. Cada um desenvolveu um papel importante nesta aventura e o Grover é bem melhor caracterizado e utilizado do que em “O Mar de Monstros”. Contudo, ainda sinto que falta alguma coisa em Annabeth, pois havia momentos que seu lapso de inteligência era forçado, assim como em “O Mar de Monstros”, o que me deixava bem enjoada em relação a ela. De todos os personagens, ela é quem mais precisa crescer, até mais que o Percy e seu complexo de inferioridade, bem irônico para um herói, além do egocentrismo...

Lendo uns comentários por aí sobre a série, os personagens vão evoluir (e espero mesmo!) até o último livro. Posso estar sendo uma boba exigente pelo fato de nos dois primeiros livros ainda terem uma áurea infantilizada, enquanto eu já estou meio crescidinha para suportar as birras infantis da Annabeth e do Percy... Eu só quero agüentar as birras deles só se for de ciúmes! #Há!

No todo, é uma ótima pedida para você que curte uma ótima aventura e adrenalina.

Em fim. Já estou lendo a “A Maldição do Titã” considerado por muitos fãs como o melhor da saga. Vamos ver...


Classificação




O Ladrão de Raios - O Filme

Elenco: Rosario Dawson, Uma Thurman, Pierce Brosnan, Sean Bean, Steve Coogan, Kevin McKidd, Catherine Keener, Logan Lerman, Melina Kanakaredes, Brandon T. Jackson.

Direção: Chris Columbus

Gênero: Aventura

Duração: 120 min.

Distribuidora: Fox Film


Fonte: Cinepop





Todos já devem ter ouvido falar do filme baseado no “O Ladrão de Raios” lançado em 2010, com o lindinho do Logan Lerman no papel do Percy e a bonita Alexandra Daddario como Annabeth, e Brandon T. Jackson como Grover. E sabem também que o filme foi adoradamente odiado pelo fandom da série.


Sinceramente, eu não os culpo, porque em se tratando de roteiro, o filme não tem nada a ver com o livro, nem mesmo os personagens. Para começar eles aparentam ser bem mais velhos do que uns garotos de 12 anos, sem contar o climinha romântico entre o Percy e a Annabeth, que pelo o que sei, só vai acontecer lá para o fim da série, e o Grover totalmente descolado e confiante. E outras coisas também, que só assistindo e lendo o livro para comparar.

Mesmo com todos esses defeitos, eu particularmente consegui curtir o filme, apesar dos pesares.

Anunciaram que irão adaptar “O Mar de Monstros” para o cinema já com data de estréia, 23 de Março de 2013 (longe não?) e que o lindinho do Logan Lerman vai voltar no papel do Percy (#pulinhosdealegria). Mas desta vez, a produção vai tentar fazer um roteiro que agrade mais aos fãs e mais fiel ao livro.


Bom, veremos...

Segue o trailer:



PS: Depois de tanto tempo sem postar, acho que estou recompensando, agora né? =P

Leia também

3 comentários

  1. Tenho muita, muita, muita vontade de ler essa série, só tive a oportunidade de assistir o filme, que não é uma dos melhores, mas eu gostei.
    Sua resenha ta otima, fazia tempo que eu não lia nada de Percy Jackson.

    Bjs

    Amanda

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada Amanda!
    E leia a série, vale a pena!

    ResponderExcluir
  3. Não li o primeiro livro nem nehum outro da saga, apenas assisti o filme, e gostei muito dele! Queria que fizessem outros com o restante dos livros da saga :( Mas amei sua resenha)

    ResponderExcluir

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!