Resenha: "O Hobbit" - J.R.R. Tolkien

By 21:48 ,


Título Original: “The Hobbit or There and Back Again”
Autor: J.R.R. Tolkien
Ano de Publicação: 1937/ Edição de 2002
ISBN: 85-336-0881-0
Editora: Martins Fontes
Sinopse: Bilbo Bolseiro é um hobbit que leva uma vida confortável e sem ambições, raramente aventurando-se para além de sua despensa ou sua adega. Mas seu contentamento é perturbado quando Gandalf, o mago, e uma companhia de anões batem em sua porta e levam-no para uma expedição. Eles têm um plano para roubar o tesouro guardado por Smaug, o Magnífico, um grande e perigoso dragão. Bilbo reluta muito em participar da aventura, mas acaba surpreendendo até si mesmo com sua esperteza e sua habilidade de ladrão!


Essa resenha vai sair uma das mais difíceis e desafiadoras em comparação com outras, por dois motivos: primeiro, é de Tolkien que estamos falando, um dos maiores autores do século passado – isso é o que todo mundo diz então vou repetir aqui também - e amado por milhões de fãs no mundo inteiro, e o outro motivo é que não vai ser uma teia de elogios o que vou escrever aqui, como a maioria das resenhas do livro em questão que eu li.
Por pura curiosidade, juntamente com a sinopse, fama e a reputação do autor que eu comecei a lê-lo. Depois de tantos anos ouvindo elogios e mais elogios sobre Tolkien através de conhecidos, que eu então por minha vez, resolvi tirar a prova de tudo isso que falam das criações dele. E o resultado é pura neutralidade, com um pouco de receio das outras obras (leia-se “O Senhor dos Anéis”).

Simples: Eu esperava muito mais de um livro com uma sinopse tão interessante e tão escancaradamente elogiado pela crítica. Bom, acho que são os fãs que exageram um pouquinho, porque passou longe de ser um livro que eu leria de novo.

Primeiro, do que eu gostei. As descrições do ambiente onde se passa a história são essenciais para o entendimento da obra – apesar de ter um ponto negativo também – mas nisso o autor sabe do que está falando, o que não deixa dúvidas. O personagem Gandalf para mim foi o mais marcante de toda a história, apesar de suas poucas aparições. Bilbo no começo eu nem ao menos dei atenção para ele, somente no decorrer da narrativa com a evolução do personagem que ele passou a me agradar. Outro ponto também são as belas ilustrações, que dá uma fácil visualização dos lugares narrados.

Mas... O livro promete, mas no fim das contas me decepcionou. Nos primeiros capítulos eu estava muito empolgada com o início da aventura, porém a história começou a perder o ritmo, esfriar, desandar chegando ao ponto de eu perder completamente o interesse por ela. Os anões foram os que mais me irritaram durante a leitura – salvo Balin, Fili e Kili – o resto não passava de um bando de nanicos que só sabia resmungar por comida e vida mansa. Thorin Escudo de Carvalho foi uma decepção enorme, sobrando tudo para o Bilbo – que em certas passagens me fazia revirar os olhos de tédio – resolver todos os pepinos e problemas. Nem mesmo com a aparição de Smaug, que reacendeu meu interesse pelo desenrolar dos fatos, serviu para prender a leitura no final das contas. Meu desgosto foi tão grande que cheguei ao ponto de ficar apática, querendo que o livro terminasse logo. Para vocês terem ideia, se todos tivessem morrido não ia fazer a menor diferença para mim.

As descrições por mais belas que fossem, cansavam, deixava o clima da narração morno não dando aquela vontade de começar um novo capítulo, me desanimado mais e mais. Sem contar que havia capítulos com pouquíssimos diálogos, o que em minha opinião é prejudicial para o leitor não dando a ele a oportunidade de conhecer os personagens. Mesmo sendo um livro para crianças, quase no estilo de um mito, os diálogos deixam qualquer história mais dinâmica e divertida seja ela qual for. Senti muita falta disso, infelizmente.

Eu esperava muito mais, de verdade. E essa é a segunda chance que eu dou para Tolkien, pois há uns anos atrás eu tentei ler a trilogia “O Senhor dos Anéis”, mas acabei desistindo. Agora eu não sei se vou tentar ler novamente qualquer coisa dele tão cedo – provavelmente eu vou morrer sem ler mais nada dele. Quem sabe eu mude de ideia daqui alguns anos...

Para não dizer que eu fiz uma resenha de hater ou é pura “implicância” e “inveja” da minha parte como muitos vão pensar, eu achei as ilustrações tão bonitas (não que isso vá mudar alguma coisa) que até tirei fotos de algumas:













Dando uma ênfase de melhor argumento, o mérito de Tolkien a meu ver é sua criatividade. 




Todos estão sabendo do filme baseado no livro que está para sair no final desse ano. Martin Foreman (Dr. Watson na série “Sherlock”) viverá o protagonista. O trailer já vazou, e vendo-o fiquei curiosa (nem desconfiaram...) de como será essa adaptação. 





Classificação

Leia também

10 comentários

  1. Olha, eu simplesmente deteeeesto A trilogia do senhor dos anéis, como você, tentei lê-lo, mas desisti muito rápido! Um leitura cansativa e uma história chata, como os filmes.. Quando eu comecei a ler esse post, pela resenha, até achei interessante.. Mas depois.. Fui parando de gostar.. E esse trailer, parece que eu estou assistindo a uma continuação de senhor dos anéis.. Gostei não.. Mas as imagens, tanto do livro, como as do trailer, são lindas !
    Beijos,
    Yasmin - Living and Learning

    ResponderExcluir
  2. Pois é Yasmin, eu não detesto Tolkien, mas... Sei lá. Não estou animada para ler qualquer coisa dele =/. O filme eu pretendo assistir.

    ResponderExcluir
  3. Uau >< Juro que nunca esperava ler uma resenha assim desse livro... Senhor dos Anéis é mesmo uma história muito densa e de leitura difícil - então já sei que muita gente não consegue mesmo dar conta da leitura, principalmente pelas descrições muito detalhadas.
    Mas eu não vejo isso em O Hobbit - o livro é bem gostosinho que uma linguagem bem mais simples ><
    Já deu para perceber que eu amo a história, né?! Pois é!
    Não acho que você deveria ler mais nada do autor mesmo não, porque O Hobbit é o livro mais "dinâmico" dele - os outros são mais paradões mesmo ><

    Beijos,Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  4. Rsrrs, era por isso que eu estava com medo de postar essa resenha, sabe... Por causa da unanimidade dos leitores que gostaram do livro.

    Se O Hobbit é o mais "dinâmico" de Tolkien, não quero nem pensar como é O Senhor dos Anéis o.O kkkkkk. Acho que vou parar no O Hobbit mesmo...
     

    ResponderExcluir
  5. haahha Cada um com sua opinião, né?! ^^ Não devemos ter medo de ser diferentes =) 
    O pior é que ele é mesmo o livro com linguagem mais simples dentre os de Tolkien - é mesmo uma história para crianças! hahahah

    Beijos,Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  6. =D Yeah! é sorte encontrar leitores que saibam respeitar opiniões isso sim rsrsrs

    ResponderExcluir
  7. Ah, sabe que eu tenho tido sorte! Nunca me deparei com ninguém que me odiasse só porque não partilho da mesma opinião ^^ Sempre encontro muita gente que não concorda comigo (principalmente no cado de Sussurro, ôh série amada), mas sempre respeitam minha opinião ^^


    Beijos,Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  8. Engraçado aqui no blog também rsrsrs. Eu não curti muito Sussurro assim como vc hehe, mas fazer o quê, não dá para agradar a todos :)

    ResponderExcluir
  9. Gisela Menicucci Bortoloso07/02/2012 21:50

    meninas, vou encabeçar a lista das pessoas que detestam os livros do Tolkien, e olha que adoro livros de fantasia! O Hobbit é menos ruim que o "senhor dos anéis", que até hoje não consegui ler o terceiro livro, de tão chato que achei (mas pretendo terminar um dia, detesto não acabar uma série). 
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  10. Pois é... Tolkein para mim não. Mas termine Gisela, você já chegou no último livro então...

    ResponderExcluir

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!