Filme: Fahrenheit 451

By 21:27 ,

Título Original: Fahrenheit 451
Diretor: François Truffaut
Elenco: Julie Cristie, Cyril Cusak
Gênero: Ficção Científica
País: França/ Reino Unido
Sinopse: Em um Estado totalitário em um futuro próximo, os "bombeiros" têm como função principal queimar qualquer tipo de material impresso, pois foi convencionado que literatura um propagador da infelicidade. Mas Montag, um bombeiro, começa a questionar tal linha de raciocínio quando vê uma mulher preferir ser queimada com sua vasta biblioteca ao invés de permanecer viva. O título Fahrenheit 451 é uma referência à temperatura que os livros são queimados.
Fonte: Adoro Cinema





Baseado na obra de mesmo nome do escritor norte-americano Ray Bradbury. O filme é considerado por muito cinéfilos o melhor do gênero da ficção científica de todos os tempos. 

Já pararam para pensar se nós, leitores vorazes vivessemos numa época de ditadura, em que fossemos proibidos de ler? Mesmo sendo de forma alegórica, o filme nos faz pensar sobre essa questão da cultura. Hoje, é claro temos direito e acesso aos livros mas... Será mesmo que o "sistema" deseja que nós, cidadãos devemos ser inteligentes? cultos? donos dos nossos pensamentos e ideias? Pois é. Prova disso é a educação que está cada mais lamentável. A verdade é que a televisão - a mídia atacada no filme - domina e emburrece as pessoas, não só ela mas até mesmo a Internet quando mal utilizada. 


No próprio filme os personagens se comportam como zumbis, vivendo de forma fútil e sem sentido. Porém nem tudo está perdido, pois sempre vão existir aqueles que irão lutar contra essa "ditadura" - não só do filme mas também do nosso tempo. É fato que pessoas assim são consideradas estranhas, anti-socias e perturbadoras. Sinto isso na pele, falando mais pessoalmente. Já perdi as contas de quantas críticas e piadinhas eu já fui obrigada no meu círculo social-familiar (não só a minha paixão por livros, mas também meu gosto musical, meu estilo e modo de pensar), e isso me irrita. 


É fato que hoje a sociedade não queima livros da forma literal do ato - riscar um fósforo - porém é fato que o conhecimento, a riqueza e a beleza da Literatura é "queimada", pelo não incentivo a leitura, pela zumbificação, superficialidade e futilidade que as mídias de comunicação nos empurra goela abaixo todos os dias, ditando padrões de comportamento e pensamento. Agora é compreensível a minha vontade e gosto pelo isolamento de tudo isso, ou o fato de que eu só ligo a TV para ver desenho animado ou notícias (muitas vezes deturpadas também...), porque francamente, eu não consigo assistir nem cinco minutos desses programas de grande audiência, pois eu fico tão irritada com tanta babaquice reunida que eu desligo e vou fazer outra coisa - ler principalmente.


É um filme muito interessante, daria ótimas discussões e para mim, todo aquele que se diz amante de literatura e apaixonado por livros, deveria assistir e apreciar Fahrenheit 451.


Eu encontrei o filme completo no YT.

Leia também

7 comentários

  1. LadyMarinah17/03/2012 22:02

    Oii
    nunca tinha ouvido falar desse filme, mas gosto de ficção e vou procurar (:

    Marina BarcelosContato: marinahbarcelos@hotmail.comBlog: marinahgattuso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!


    Gostei do seu blog, e já estou seguindo, se gostar do meu siga-o também! Bjus

    @AngelKiller_
    http://anime-daiki.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. GiselaMenicucciBortoloso25/03/2012 15:58

    Oi
    Já vi um filme com uma história muito parecida com esta. Não podemos nos esquecer de  que apesar de ser um filme, já vivemos de verdade situações muito parecidas com esta em vários momentos, onde livros eram realmente queimados. Fora esta situação, também existe lugares onde de tanta pobreza, nem se conhecem os livros.
    um abraço
    Gisela - Ler para divertir

    ResponderExcluir
  4. PRECISO ver esse filme!!! Sem falar que, há tempos já, me propus a ver a filmografia do diretor, mas até agora só conseguir ver 2 dos seus filmes, tenho que dar um jeito nisso!

    Bj
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. É bem interessante esse filme, eu assisti meio que por acaso e gostei =)

    ResponderExcluir
  6. Verdade Gisela, vulgo as ditaduras pelo mundo e a falta de acesso a cultura em muitos lugares =/

    ResponderExcluir
  7. É muito bom! Eu não conheço o diretor (rsrs forçado, nem sou expert em cinema)

    ResponderExcluir

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!