Reading in English #2: The Last Man in The World (A Pride & Prejudice Variation) - Abigail Reynolds

By 21:02 , ,


Reading in English é uma coluna do blog Mundo Silencioso que tem por objetivo ler livros em inglês, como forma de estimular e melhorar a leitura e escrita da língua da terra do tio Sam.

Eba! Mais uma leitura concluída e devo dizer que este livro (na verdade uma fanfic né... Mesmo sendo publicado em livro, já que as obras de Jane Austen é de domínio público. Mas, ok), me prendeu por sua ótima trama, mas também terminei um pouco decepcionada por esperar mais da história.

Spoilers de Orgulho&Preconceito.

The Last Man in The World seria um "what if" de Orgulho&Preconceito. O plot do livro/fic se concentra em se a Elizabeth tivesse aceitado o primeiro pedido de casamento do Mr. Darcy em Hunsford. 

Como eu já concluí a leitura, a resenha também está incluída.

Título: The Last Man in The World: A Pride&Prejudice Variation
Autor: Abigail Reynolds
Ano de Publicação: EUA 2007
Editora: Interdital Press
ISBN:061514750X
Sinopse: "I had not known you a month before I felt that you were the last man in the world whom I could ever be prevailed on to marry." Elizabeth Bennet's furious response to Mr. Darcy's marriage proposal in Jane Austen's Pride & Prejudice has resonated for generations of readers. But what if she never had a chance to say it? Would she learn to recognize Mr. Darcy's admirable qualities on her own? The Last Man in the World follows Elizabeth and Darcy as they struggle to find their way through the maze of their prejudices after Elizabeth, against her better judgment, agrees to marry Darcy instead of saying those famous words. Two of the most beloved characters in English literature explore the meaning of true love on a tumultuous journey to make a success of their marriage. THE PEMBERLEY VARIATIONS by Abigail Reynolds is a series of novels exploring the roads not taken in Pride & Prejudice.


Ritmo de Leitura: Eu praticamente li em três dias quase sem consegui dormir. Eu tive dificuldades com o nível de inglês que era bem mais formal do que eu estava acostumada. Porém, depois de vários capítulos, eu passei a me acostumar com as palavras desconhecidas e entendê-las.

Vocabulário: Eu considero o livro de um vocabulário médio. Não chega a ser tão difícil de compreender algumas palavras (ou várias delas), mas também não considero fácil. 

Gramática: Nesse quesito eu sofri um pouquinho, principalmente no começo.

Nº de páginas: 184

Previsão de término de leitura: Leitura terminada.




A experiência de The Last Man in The World foi ao mesmo tempo interessante, mas um pouco frustrante devido as minhas altas expectativas para o desenrolar da história. Eu realmente estava curiosa para saber como a Abigail ia resolver todos os pormenores e problemas que foram surgindo durante a trama, principalmente os conflitos de Elizabeth com Mr. Darcy que era praticamente palpável, não faltando troca de farpas entre os dois. Devido ao casamento sem amor, Mr. Darcy não muda seu jeito taciturno e Elizabeth não tem coragem para apontar todos os erros dele (uma coisa que deveria ter acontecido...). Algo que me irritou profundamente foi o vai e vem no relacionamento deles, cheio de altos e baixos que uma hora acaba cansando, mas não perde o brilho. 

No entanto, Elizabeth me pareceu... diferente. Eu não consigo imaginar, por todos os motivos que ela tivesse, se comportando de forma tão submissa, principalmente a alguém que não tinha nenhuma consideração (mesmo passando a ter durante o livro). Uma coisa que eu prezo muito em fanfics (dane-se, vou chamar de fanfic) é a caracterização dos personagens ser coerente aos personagens criados pela autora. Nesse quesito, Abigail peca muito com a Elizabeth, mas também pelos enrendo dos outros livros desta série - Pemberley Variations - ela descaracteriza um pouco certo personagens para manter a trama.

Eu não gosto. Na verdade, eu abomino fanfics que fazem isso. Ora, não é óbvio? Não é mais o personagem, simples assim! Não seria mais fácil criar um personagem original? Não lembro em qual dos livros dela que eu pesquisei que, Georgiana Darcy é uma garota mimada, prepotente e arrogante. Onde que ela é isso nos livros da Jane? Não, não. Passo longe. 

The Last Man in The World, de acordo com os fãs da autora, é o melhor da Abigail e provavelmente eu vou ficar só com ele mesmo.

O livro ganhou:


3/5
Boa Leitura

Para quem se interessar pela série Pemberley Variations, confirem o site da autora aqui.




Leia também

0 comentários

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!