Filme: Aliança do Crime

By 11:02 ,

Título Original: Black Mass
Gênero: Ação, gângster
Ano: 2015
País: Estados Unidos
Classificação: 16 anos
Status: Em cartaz
Sinopse: James "Whitney" Bulger (Johnny Depp) e John Connolly cresceram juntos nas ruas de Boston. Décadas depois, no final dos anos 70, eles se encontram novamente. Connolly agora é um agente do FBI e Whitey, padrinho da máfia irlandesa. Eventos ligados a tráfico de drogas e assassinatos levam Bulger à lista dos mais procurados pelo FBI, mas é com a ajuda da agência que se torna um dos maiores criminosos da história.





A palavra para definir o que eu senti enquanto assistia Aliança do Crime no cinema é tensão. Eu sempre tinha a sensação que alguma coisa rum iria acontecer durante uma cena que parecia ser "inofensiva" mas que terminava com uma reviravolta assustadora. 

O modo como Whitney matava suas vítimas (sendo essas qualquer pessoa que entrasse e atrapalhasse seus planos) era de uma crueldade horrível. Não digo que ele era o pior mafioso - com certeza houve piores do que ele - porém o nível de violência retratada é quase palpável. Sou bem sensível quanto a isso, tanto que evito assistir com frequência muitos filmes com temática violenta (apesar de eu ter visto muitos filmes do Tarantino ultimamente). 

Entretanto deixo os méritos para o Johnny. Não acho que seja o seu melhor papel da carreira dele, mas ele consegue ser assustador e sádico quando quer, no mesmo nível de loucura dos seus outros papéis, entregando uma atuação digna de aplausos. Joel Edgerton como John Connolly, melhor amigo do gângster, completam a protagonização do filme de forma muito competente. Sem mencionar Benedict Cumberbacth como irmão de Whitney que também está ótimo no longa. A única atuação que me incomodou foi a de Dakota Johnson como Lindsey, pois a achei muito fraca e sem sal e suas cenas que eram as mais dramáticas falharam miseravelmente. Não consegui nem ao menos sentir pena dela.

O roteiro é um pouco confuso em certos momentos da história o que eu acredito que o diretor poderia ter resolvido esse problema, mesmo que lentidão da retratação dos acontecimentos não me incomodou em nenhum momento. Apesar disso, a história em sim não perde mérito, caminhando para um final que era inevitável após tanto banho sangue, mentiras e dribladas dos personagens para escaparem da prisão. É inevitável não se chocar com a lealdade cega de Connoly por Whitney que lhe custa muito no fim da história, porque vemos um homem comum virar um corrupto. 

O suspense e as surpresas e uma fotografia belíssima faz de Aliança do Crime é um bom filme de gângster e uma história que acredito eu, merece ser contada. 

Leia também

0 comentários

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!