Na Playlist: Grace - Jeff Buckley

By 22:45 ,



You'd better turn around and blow your kiss goodbye to life eternal, angel

Sabe aquele aquele disco que você coloca para tocar e presta atenção em cada verso, cada acorde porque é tão maravilhoso e marcante? Essa foi a minha experiência com o único disco de estudío do cantor e compositor norte-americano Jeff Buckley, Grace
Para quem não conhece, Jeff nasceu no Tennessee em 1966 e morreu afogado em 1997 aos 30 anos enquanto nadava em um afluente do rio Mississipi. Sim, ele nos deixou muito jovem e muito cedo com apenas um disco de estúdio completo. Apesar do pouco tempo de carreira, Jeff deixou sua marca na música e mais tarde seu estilo único influenciou muitos artistas de hoje como Adele, Lana Del Rey, Muse, Coldplay, Radiohead dentre outros. 

Já nas primeiras notas de Mojo Pin canção que abre o disco, já se percebe que a sonoridade e a música ali contida são de outro mundo, atemporal. A voz de Jeff é suave mas poderosa e com um alcance vocal incrível para notas altas - tanto que o vocalista do Muse (Matt Bellamy) se inspirou nele para cantar em falsetes e notas agudas, o que não era muito comum para vocais masculinos nos anos 90.

É difícil escolher canções favoritas deste álbum porque todas são marcantes, porém eu destaco em especial Eternal Life, Grace e Dream Brother músicas no qual ele mostra mais explicitamente a voz poderosa que possue. Os arranjos são apenas guitarra, violão e bateria com o acréscimo de alguns instrumentos musicais na belíssima Lover, You Should Come Over - que mais descobri ser uma canção que ele escreveu após romper com a namorada.

As letras por sua vez são um pouco enigmáticas em torno de temas como amor principalmente, mas é aquele amor distante, inalcançável - a saudade da pessoa que se amou, o que fica bem claro na canção Lilac Wine.

Após sua trágica morte, diversas músicas inéditas e materiais ao vivo foram lançandos, inclusive mais um disco póstumo de covers e duas canções inéditas serão lançados este ano no mês de março. Por agora, aprecio e compartilho essa maravilha sonora que é o Grace, que toca a minha alma de forma muito bonita e sincera em cada nota, em cada palavra proferida. 

Título: Grace
Artista: Jeff Buckley
Ano de lançamento: 1994
Gravadora: Columbia Records

Leia também

0 comentários

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!