[Top 5] Melhores Leituras de 2016

By 17:45



Continuando a retrospectiva do blog, após falar sobre a minha playlist, chegou a hora dos livros!

2016 foi um ano muito bom, pois bati a minha meta de 20 livros incluindo também HQs. Não foi um ano isento de decepções, infelizmente. Assassinato no Expresso Oriente da Agatha Christie e Tempest da Julie Cross marcaram como as aquelas leituras nada satisfatórias, para não dizer ruim mesmo né?

Também teve abandono de livro. Duas leituras que eu estava arrastando para ler, mas ambas as histórias não engatavam de jeito nenhum, que para não perder tempo, larguei de mão que foram O Princípio da Tempestade do Damian Dibben (Trilogia Os Guardiões da História) e The Ship of Brides da Jojo Moyes - esse último até postei sobre na página do blog no Facebook. É triste parar uma leitura pela metade, mas às vezes é necessário, em especial se eu sinto que eu estou perdendo tempo com o livro.

Com trancos e barrancos, o ano foi muito mais de boas leituras do que livro ruim, então segue os cinco melhores livros de 2016 com a ajuda da minha mascote Susi :)
Comecei este ano com V de Vingança na categoria de HQs. Ambientada em uma Ingalterra totalitária e pós-apocalíptica, o enredo é marcado por reviravoltas e uma final surpreendente - sem mencionar passagens que me deixaram bem chocada.


4.


O romance da Moyes foi a melhor história de amor que eu li em muito tempo, apesar de eu não ter gostada tanto do final pela controvérsia moral dele. Apesar desse problema, Lou e Will são personagens inesquecíveis, e foi impossível não torcer para que a história tomasse um rumo diferente.


3.



Shada foi a aventura do meu personagem favorito da TV que marcou o ano, à frente apenas de The Weeping Angels of Mons história do 10th Doctor nas HQs. Foi o meu primeiro contato que eu tive com o 4th Doctor e Romana e atualmente estou lendo Cidade da Morte, história desse mesmo Doctor mas com Romana II. Adams tem um jeito especial de retratar o Doctor que vale a pena conhecer.

2.




Preciso falar alguma coisa? Sem dúvidas Sandman leva o título de melhor HQ lida do ano, já que eu não esperava menos do tio Gaiman e não me decepcionei. Espero que no próximo ano eu consigo ler o volume II.


1.



Foi o primeiro livro lido de 2016 e já naquela época eu sabia que nenhuma outra leitura do ano superaria o romance histórico de Anthony Doerr. Fazia bastante tempo que um livro não me emocionava e comovia nas proporções que este me causou, tanto que fiquei na famosa depressão pós livro durante semanas até conseguir iniciar outro. Toda Luz que Não Podemos Ver está no mesmo patamar de romances inesquecíveis para mim. 

2017 está aí e vamos ver quais são as surpresas literárias do ano. Percebi que o único lançamento deste ano que li foi Como Eu Era Antes de Você, pois os outros são livros "mais antigos". Isso já é uma tendência particular nos últimos anos, mesmo que ano que vem para o Reading in English, eu escolha alguns livros mais recentes.

Já comecei a montar a lista de leitura, no qual pretendo sair um pouco da minha zona de conforto e apostar em leituras de outros gêneros, em especial não ficção como eu já havia mencionado na postagem sobre o desafio de clássicos. Tem bastante na minha lista de desejados e o difícil vai ser escolher quais dar prioridade.... Veremos com o tempo.

Até lá vou manter o meu perfil do Skoob e Goodreads sempre atualizado. 

Feliz Ano Novo a todos!


Leia também

0 comentários

Hey ;) Obrigada por deixar o seu comentário e volte sempre!